Resumo do chat com Mike Shinoda é Mike Einziger do Incubus.

Hoje Mike Shinoda é Mike Einziger do Incubus fizeram um chat para os Fans , confira o resumo aqui é fotos do chat.

– Mike Shinoda participou do chat em sua casa.
– Mike Einziger participou do chat por um estúdio.
– Mike Einziger tem a Wretches & Kings, como favorita do Linkin Park.
– Mike disse que esteve construindo um acervo de sons desde que ele tinha 16 anos e parte das batidas de Wretches & Kings veio de uma máquina Roland TR-808.
– Mike Shinoda tem a Megalomaniac, como favorita do Incubus.
– Shinoda falou da época em que alguns amigos sempre tocavam o álbum Fungus Amongus, do Incubus, ao redor da casa.
– Einziger falou sobre como foiu o processo de composição do álbum, usando demos de 1993.
– Em 1993, Mike estava fazendo demos de rap em uma fita cassete de quatro músicas.
– Incubus trabalhou com Paul Pontius, um executivo da A&R, que já trabalhou para a gravadora Immortal.
– Shinoda citou uma história envolvendo Paul, onde mandou uma demo de 4 músicas e que chamaram o Linkin Park. Ele então passou a perguntar a Shinoda e a Mark Wakefield, onde eles gravaram o álbum, e quando eles responderam que foi em casa, ele ficou chocado e insistiu que começassem uma banda. Mike disse que isso realmente impulsionou a ideia de criar a banda Linkin Park.
– Einziger amou o A Thousand Suns.
– Shinoda falou sobre o Living Things e como eles querem, naturalmente, experimentar coisas novas e ficar melhor no que fazem.
– Eles falam sobre o jogo Halo. Incubus aparentemente achou muito bom, mas ambas as bandas não tiveram muito tempo para jogar.
– O Linkin Park provavelmente só irá tocar uma ou duas músicas do novo álbum, durante a turnê de verão da Europa. No entanto, eles irão tocar um bom pedaço do novo álbum na turnê pelos EUA.
– O Fort Minor não morreu, Mike apenas está se focando em outras coisas agora.
– Ele focou que a energia do Fort Minor, está atualmente no Linkin Park. Citou como exemplo Wretches & Kings e Living Things.
– Living Things é um pouco mais centrada em raps, por isso, se você gostou do Fort Minor, você provavelmente vai gostar de Living Things.
– Joe Hahn é como um narcoléptico e constantemente adormece. Durante qualquer coisa. Ele adormecia durante as reuniões de segunda-feira, quando a banda discutia o progresso de gravação do novo álbum.
– Mike Shinoda não tem nenhuma amostra de arte planejada.
– Mike Shinoda está colocando toda a sua atenção no Living Things e eles estão constantemente trabalhando em seu lançamento.
– Mike Shinoda gosta de dubstep, mas não escuta direto. Ele gosta Skrillex, Datsik, HavocNDeed e Nero.
– Durante a composição de Living Things, nos primeiros meses, um produtor estava tentando ajudar, sugerindo produtores eletrônicos, beat-makers e Mike achou que grupos de hip-hop e artistas de colaboração, poderiam se beneficiar disso, enquanto o Linkin Park trabalhava melhor criando sua própria música. Mike não queria se sentir como se estivessem usando um tipo de som eletrônico e não queria trabalhar em cima disso.
– Serão lançadas, uma vez por mês, remixes eletrônicas, dubstep, industrial e de hip-hop. Isso vai continuar até que se esgotem os remixes, provavelmente no ano que vem.
– Mike Shinoda brinca que Mike Einziger deveria fazer um remix de metal em uma de suas músicas.
– Mike Shinoda contou sobre um acidente no palco; Alternavam as setlists e faziam alterações nelas, geralmente no começo das músicas, e contou uma história sobre um show, onde eles fecharam a primeira parte do show com One Step Closer, depois de tocarem In The End. Mike estava com os fãs na grade nessas duas músicas, tentando obter mais energia do público e quando terminaram, Mike olhou para trás e a banda já tinha saído do palco! Iriam começar o bis, e Mike saiu sozinho de lá, depois de ficar perto do público e toda a banda estava rindo dele. Ele se sentiu como um idiota.
– Mike contou outra história: quando foi para um bar no Japão, descobriu que lá tinha cervejas minúsculas. Mike acabou bebendo um monte delas e desmaiou, porque perdeu as contas de quantas cervejas tinha tomado. Ele acordou com Dave ou Joe dizendo algo do tipo “nós temos que ir”. Depois, todo mundo saiu do bar e Mike percebeu que estava realmente sozinho. Ele se sentou na calçada, esperou e esperou, e única coisa que se lembra depois, é que foi acordado pelo dono do bar às 05h! Mike passou a noite dormindo em frente ao bar! A banda o deixou lá porque um táxi parou lá perto e a banda achou que ele já tinha chamado um táxi.
– Phoenix é bom em quebrar guitarras, já Brad é muito cuidadoso com elas. Ele citou um caso em que Brad tentou quebrar uma guitarra em um show, mas não estava conseguindo, então Chester arrancou de suas mãos e quebrou a guitarra para ele.
– Mike falou sobre Dave Grohl e como disse há alguns anos atrás, que ele não gostava da banda e de seu show ao vivo. Mike disse que tinha uma ideia errada sobre a reprodução das faixas de fundo e das faixas vocais em shows ao vivo, sendo que é algo que nunca fez e teve a primeira impressão de ser uma merda.
– Mike esclareceu um rumor que Chester fez uma cirurgia na corda vocal. Isso não é verdade.

Fonte : LinkinParkbr.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s